Agora são Horas e Minutos - Bem vindo ao meu caderno de histórias! Você gostou? Deixe o seu comentário!...
CADERNO DE HISTÓRIAS

CADERNO DE HISTÓRIAS

para sonhar...

Ilovekittens_welcome

Ilovekittens_bar

17 juillet 2009

A Grande Aventura do Pai Natal

A grande aventura do Pai Natal

Tinha chegado o Natal, e a família da Joana já estava preparada.
A mãe cozia o bacalhau com couves e batatas.
A Joana e o pai punham a mesa com cálises, pratos, guardanapos, bebidas, talheres...
E sentaram-se à espera da mãe.
A mãe chegou e disse: - Vou já trazer o bacalhau. Hum!!!! Está delicioso!
- O que queres beber, Joana? - perguntou o pai.
- Pode ser um Ice Tea de pêssego.
Pronto, agora falta a parte final, que é a sobremesa!
- Bolo rei!!!!! miam - gritou a Joana
Bem, é hora de ir dormir!


Vitória, Vitória acabou-se a história!

6a00e551101c548834011570fc38eb970b_500wi

Se gostaram comentem!

Posté par Marylina à 13:23 - Commentaires [0] - Permalien [#]

16 juillet 2009

O cão e a gata

O cão e a gata

Era uma vez um cão e uma gata, que viviam na mesma casa.
O cão era castanho mas gostava de ser verde.
E a gata que era vermelha queria ser amarela.
Então um dia a gata e o cão pensaram, pensaram, pensaram...
E a gata de repente teve uma ideia: - Já sei como mudarmos de cor!
- Vamos à loja de tintas!
Pronto, já comprei a cor verde e a cor amarela.
Agora amigo cão,  pinta-me toda de amarelo.
E agora, sou eu que te vou pintar de verde! - disse a gata.
Vamos nos ver ao espelho para ver se a cor nos fica bem.
- Que lindo! Para a próxima quero que me pintes de cor de rosa!
E eu, disse o cão, quero que me pintes de azul!

Posté par Marylina à 17:27 - Commentaires [2] - Permalien [#]

10 juin 2009

A velha e o garrafão

av_64

 Era uma vez uma velha tão sovina, tão avarenta, tão unhas-de-fome que nem a roupa lavava em condições para não gastar tanto sabão.

 O dinheiro que lhe vinha parar às mãos dificilmente conhecia bolsos novos ou carteiras velhas.

 Ficava eternamente dentro daquela casa que tinha as janelas fechadas para que o Sol não gastasse a cor da pintura das paredes.

 E, para não cair em tentações, adivinhem onde ela metia o dinheiro!? Exactamente! Dentro de um garrafão.

 Assim já não havia problemas. Porque, para tirar as notas, era preciso partir o garrafão.

 Hum… Era o que faltava! Um garrafão custa uma fortuna! - Dizia ela.

 E lá ia metendo notas e mais notas dentro do garrafão.

 Um dia, pela tardinha, a velha viu um bichinho escuro, de orelhas levantadas e com rabo comprido a passar no corredor de sua casa.

 Um rato? Mas é um rato?!... Ui, que medo! - Gritou ela, cheia de susto.

 O rato desapareceu, o susto passou e a velha ainda um bocado assustada com aquilo tudo pensou: - Tenho de arranjar um gato esfomeado! É isso mesmo! Com um gato em casa os ratos desaparecem num instantinho!

 Estava quase decidida a ir arranjar um gato. Mas depois voltou a pensar: - Um gato dá muita despesa! Só em leite é uma fortuna… Era o que faltava!

 E não arranjou o gato.

 Os dias passaram.

 Os ratos aumentaram.

 E uma manhã a velha começou a gritar com as mãos na cabeça:

     - Fui roubada! Fui roubada!

 Mas não. Os ratos só tinham transformado as notas em pedacinhos de papel.


    sourisanim200333

de: António Mota

Posté par Marylina à 09:29 - OUTRAS HISTÓRIAS - Commentaires [0] - Permalien [#]

07 juin 2009

Borboleta recadeira

x435_2

Borboleta recadeira

Que anda naquela roseira,

Que recados traz guardados

Na algibeira?

Se for branca ou amarela

Traz alegria com ela!

Se for negra, cor da noite,

Negra da cor do carvão,

Só tristeza e solidão!

Borboleta recadeira

Sai-me já dessa roseira

Vai pra longe, nuito longe,

E, por favor... vai ligeira!

 

 

(autor desconhecido)

Posté par Marylina à 14:00 - OUTRAS HISTÓRIAS - Commentaires [0] - Permalien [#]

02 janvier 2008

Natureza em festa!

juju3


Uma menina que vivia numa casa com um jardim cheio de flores tinha margaridas, begonias, tulipas, cravos e papoilas. Um dia ela acordou e viu que já era Primavera então foi contar à mãe que estava na cozinha a fazer o pequeno almoço. - Mãe já é Primavera e as nossas plantas estão a abrir! Vamos vê-las, disse a menina e a mãe foi com ela. As flores estavam tão bonitas! Disse a filha: - A Tulipa já está a abrir e as Margaridas estão lindas! Todas estão maravilhosas, acrescentou  a vizinha.  Pois é,  disse o Pai da menina!
A Natureza é linda !

Maria Carolina

birdwatcher

Posté par Marylina à 20:17 - Commentaires [0] - Permalien [#]

26 décembre 2007

O dia de Natal

O dia de Natal

basketanigz5

Era uma vez uma árvore de Natal cheia de enfeites e estava ansiosa por ver os presentes. Uma Noite, o Pai Natal veio e depois os meninos da casa ficaram muito contentes. A Maria recebeu um télemovel e o João recebeu um carro. Todos gostaram dos brinquedos, e brincaram o dia todo!  A árvore de Natal  ficou satisfeita.



 

MARIA

Posté par Marylina à 14:07 - Commentaires [0] - Permalien [#]

01 juillet 2007

Vida de flor

0sgirl02a

bande_20de_20tulipes

Era uma vez uma menina que vivia numa casa muito bonita. Então ela de manhã cedo foi lá ver o jardim dela que também era muito grande e bonito então lá tinha: tulipas,papoilas,girasóis,roseiras,e havia lá uma planta muito bonita. Sabes como se chamava? era a Camelia. Então no verão de manhã cedo a menina não sabia que era verão. Quando foi ver as plantas elas tinham morrido e todos sabem que as flores morrem um dia, mas a menina não sabia. Então ela ficou muito triste e foi percuntar a mãe porque é que as flores morreram. A mãe respondeu: não sabes que é verão? - Mas isso não tem sentido! - Claro que tem Clarinha. Então a Clarinha disse assim: -Mas as vezes não é verão e as flores morrem, só morrem se não as cuidar! Há muitas coisas sobre as plantas e aqui nesta hitoria só há flores!

Maria Carolina

jardim

Posté par Marylina à 21:43 - MINHAS HISTÓRIAS - Commentaires [2] - Permalien [#]

Era uma vez

Era uma vez uma menina que gostava muito da vó e uma que gostava muito de uma tia. Um dia elas foram no shopping e compraram uma coisa muito bonita para cada uma.  Vieram para casa e foram comer cachorro-quente na varanda e tinha batatas fritas, coca-cola e gelado de chocolate. Depois elas foram ao cinema ver um filme.Quando elas chegaram em casa, tinham entregado uma televisão muito grande e bonita e elas jantaram e viram a Floribela.


23681096

Carol

Posté par Marylina à 21:25 - MINHAS HISTÓRIAS - Commentaires [0] - Permalien [#]

18 juin 2007

A matemática

cutecolorsschoolread2

Era uma vez uma menina que era muito boa em matemática então ela tinha senpre satisfaz plenamente e nas fichas também ,a profesora gostava muito dela porque ela numca parava de trabalhar. Ela estudava muito..... e fazia os trabalhos todos e fazia cópias sem ela pedir.

Vitoria vitoria acabou-se a historia

Um site lindo com tudo sobre a matemática, é o do meu tio Paulo!

Vale uma visitinha?

http://matematica.over-blog.com


Posté par Marylina à 20:01 - MINHAS HISTÓRIAS - Commentaires [0] - Permalien [#]

Meninas da escola

0girl30b

Era uma vez...

  Uma menina que era muito bonita... Então quando a menina ia para a escola ia muito maquilhada então as amigas diziam que ela muito bonita sabes o nome dela?  Maria Carolina.  E havia uma mais bonita e então a Carolina já não era a mais bonita da sua sala sabes como se chama essa menina? Chama-se Gina. Então a Maria ficou com muitos ciúmes da Gina. Já ninguém dizia que ela era a mais bonita da sala. Então ouve uma vez que a Gina não se maquilhou então começaram a rir dela. Ela ficou tão envergonhada que nunca mais entrou na escola.

Vitoria vitoria acabou-se a historia!

Carol

0roskorg1

Posté par Marylina à 19:47 - MINHAS HISTÓRIAS - Commentaires [2] - Permalien [#]

17 juin 2007

As rosas e a chuva

Era uma vez um jardim com muitas rosas. Eram da cor da saia da menina, sabes de que cor eram?  Eram vermelhas . Então todos os dias ela ia ver as platinhas. Um dia de muito sol as rosas murcharam, então a menina percebeu mas ela foi corajosa e não chorou.  Mas foi preguntar à mãe o porque que as rosas murcharam??  Porque hoje fez muito calor. Agora ficas a saber que quando faz muito calor as rosas murcham e quando faz muita chuva, as rosas gostam muito!

Vitória vitória, acabou-se a historia.

Carol

rosa

Posté par Marylina à 11:37 - Commentaires [2] - Permalien [#]

 

Frogger made by Neave Games